Dicionário de Espiritismo-H

Letra H

Dicionário de Espiritismo-H

Dicionário de Espiritismo Letra H

Dicionário de Espiritismo

Dicionário Espírita, vocabulário espírita, kardecista

Dicionário Espírita

H

Habitabilidade [do latim habitabile] – Qualidade do que é habitável, próprio para habitação.

Halo [do grego halós, pelo latim halos] – Círculo energético brilhante e/ou colorido; auréola; coroa luminosa.

Harmonia [do latim harmonia] – 1. Disposição regular, justa e equilibrada entre as partes de um todo. 2. Concordância de sentimentos entre pessoas; paz; amizade. 3. Ordem; proporção; coerência; conformidade; simetria.

Haurir [do latim haurire] – 1. Tirar para fora de lugar profundo. 2. Esvaziar; esgotar, consumir. 3. Aspirar, beber, sorver.

Hebreu [do grego hebraîos, pelo latim hebraeu] – 1. Indivíduos de raça hebraica. 2. Nome primitivo do povo semita, do qual descendem os judeus da atualidade. 3. Língua oficial de Israel – Hebraico.

Heliocêntrico [do grego hélios + kentrón + -ico] – Que tem o sol como centro – referente ao sistema de coordenadas dos planetas.

Herege [do latim haereticu] – 1. Que defende doutrina contrária à estabelecida pela Igreja tradicional. 2. Ateu; incrédulo.

Heresia [do grego hairesis] – 1. Doutrina contrária ao que foi definido pela Igreja tradicional em matéria de fé. 2. Inexiste no Espiritismo, porque o espírita, exercitando a fé raciocinada, elide a sua possibilidade.

Hermeneuta [do grego hermeneutés] – Especialista em hermenêutica.

Hermenêutica [do grego hermeneutikós] – Interpretação do sentido das palavras.

Hierarquia [do grego hierarchía] – 1. Governo, poder. Ordem e subordinação em qualquer corporação. 2. Graduação da autoridade, com classificação em classes. 3. Para a Doutrina dos Espíritos, a legítima autoridade tem base intelecto-moral.

Hierofante [do grego hierophántes, pelo latim hierophante] – 1. Sacerdote na antiga Grécia e o grão-pontífice na antiga Roma. 2. Adivinho, cultor de ciências ocultas.

Hipnofobia [do grego hýpnos + -fob(o) + -ia] – 1. Medo de dormir. 2. Terror ou medo durante o sono.

Hipnófobo [do grego hýpnos + -fob(o)] – Aquele que sofre de Hipnofobia.

Hipnofone [do grego hýpnos + -phoné] – Aquele que fala durante o sono.

Hipnologia [do grego hýpnos + -logo(s) + -ia] – Tratado acerca do sono e seus efeitos.

Hipnose [do grego hýpnos + -ose] – Estado mental semelhante ao sono, provocado artificialmente, e no qual a pessoa mantém-se capaz de atender às sugestões feitas pelo hipnotizador.

Hipnoterapia [do grego hýpnos + therapeía] – Terapia através da hipnose.

Hipnotizar [do francês hypnotiser] – 1. Fazer cair em hipnose. 2. Magnetizar, atrair, encantar, fascinar.

Hipocondria [do grego hypochóndrion, pelo latim hypocondriu] – 1. Enfermidade mental em que há preocupação obsessiva com a própria saúde. 2. Estado mórbido em que a pessoa julga-se com doença imaginária, procurando automedicação geralmente descabida e perigosa.

Hipocrisia [do grego hypokrisía, pelo latim hypocrise + -ia] – 1. Fingimento de qualidades que não possui. 2. Impostura, falsidade; dissimulação. 3. Falsa devoção.

Hipótese [do grego hypóthesis, do latim hypothese] – 1. Suposição de coisas ou fatos, da qual se retira uma conclusão, e que poderá ser posteriormente confirmada direta ou indiretamente. 2. Teoria não demonstrada, mas provável. 3. Proposição que se admite de modo provisório como princípio do qual se pode deduzir um conjunto dado de proposições.

Holocausto [do grego holókauston, pelo latim holocaustu] – 1. Entre os antigos hebreus e outros povos, sacrifício em que se queimava a vítima. 2. Sacrifício, imolação, expiação.

Homem [do latim homine] – Dentre as diferentes espécies de seres corpóreos, a humana foi a escolhida para encarnação dos Espíritos que atingiram um certo grau de desenvolvimento, o que lhe dá a superioridade moral e intelectual sobre os outros. Há no homem três coisas: a) o corpo ou ser material análogo aos dos animais e animado pelo mesmo princípio vital; b) a alma ou ser imaterial, Espírito encarnado no corpo; c) o laço que une a alma ao corpo, princípio intermediário entre a matéria e o Espírito. O homem tem assim duas naturezas: pelo corpo, participa da natureza dos animais, dos quais tem o instinto; pela alma, participa da natureza dos Espíritos.

Homeopatia [do grego hómoios, a , on + -pat + -ia] – Sistema terapêutico criado em 1796, por Cristian Fiedrich Samuel Hahnemann (1755/1843), na Alemanha, sendo amplamente divulgado após meados do século passado. No Brasil, a Homeopatia é considerada especialidade médica desde 1980, encontrando um número cada vez maior de adeptos, tanto na população quanto entre profissionais da área da saúde que buscam, através de seu estudo, um aprimoramento profissional. Consiste em tratar os doentes por meio de substâncias ministradas em doses diluídas a ponto de se tornarem, por vezes, infinitesimal, capazes de produzir, em indivíduos sãos, quadros clínicos semelhantes àqueles apresentados por doentes a serem tratados. Essa escola terapêutica adota como lema “Similia similibus curantur” – os semelhantes curam-se pelos semelhantes.

Homossexual [do latim homo + sexu + -al] – 1. Referente à afinidade, à atração de indivíduos do mesmo sexo. 2. Relação afetiva e/ou sexual entre criaturas de sexo idêntico. 3. Para a ciência espírita, o homossexual é criatura que reencarna com inversão da tendência sexual predominante em seu psiquismo, por expiação, prova ou recurso de tarefa missionária, necessitando sempre de muita compreensão, já que precisa saber conter seus impulsos e vencer suas tendências. Conforme o Espiritismo, o Espírito não tem sexo, como entendemos, e sim “poderosa energia criadora, suscetível, como toda força natural, ao uso e ao abuso”, podendo reencarnar na polarização masculina ou feminina, conforme a necessidade de prova que deva suportar.

Humanidade [do latim humanitate] – 1. A natureza humana. 2. O conjunto de todos os homens. 3. Sentimento de clemência, de compaixão, de benevolência.

Humildade [do latim humilitate] – 1. Virtude que nos dá o sentimento da nossa fraqueza e que proporciona a consciência das nossas próprias imperfeições. 2. Modéstia, simplicidade. 3. Pobreza. 4. Respeito, reverência.

Humilhação [do latim humiliatione] – 1. Ato ou efeito de humilhar(-se); rebaixamento moral. 2. Submissão; ultraje; vergonha; vexame; afronta.

escola-decor