Dicionário de Espiritismo-O

Letra O

Dicionário de Espiritismo-O

Dicionário de Espiritismo Letra O

Dicionário Espírita

Dicionário Espírita, vocabulário espírita, kardecista

Dicionário Espírita

Objeto [do latim objectu] – 1. Tudo o que é percebível por qualquer dos sentidos humanos. 2. Coisa que sirva ao mercado. 3. Causa, motivo. 4. Assunto, matéria. 5. Fim a que se tem em vista; propósito, intento, objetivo.

Óbolo [do grego obolós, para o latim obolu] – 1. Nome de pequena moeda grega. 2. Contribuição ou donativo de pequeno valor, esmola.

Obras básicas – São as que compõem a codificação promovida por Allan Kardec dos ensinos dos Espíritos Superiores, denominada de Espiritismo ou Doutrina dos Espíritos: “O Livro dos Espíritos” (1857), “O Livro dos Médiuns” (1861), “O Evangelho Segundo o Espiritismo” (1864), “O Céu e o Inferno” (1865) e “A Gênese” (1868).

Obreiro [do latim operariu] – 1. Aquele que obra; obrador, operário, trabalhador. 2. Quem coopera no desenvolvimento de um empreendimento ou de uma idéia. 3. Aquele que está engajado em tarefa dentro da seara espírita.

Obscuridade [do latim obscuritate] – 1. Estado de obscuro. 2. Falta de luz, de claridade; escuridão; trevas. 3. Vida retirada. 4. Condição ou origem humilde; ausência de fama, de notoriedade. 5. Falta de clareza nas idéias ou na forma de expressá-las.

Obscuro [do latim obscuru] – 1. Falta de luz, escuro. 2. Vago, indistinto. 3. Desconhecido, ignorado. 4. Humilde, simples, pobre. 5. Espírito ainda atrasado quanto ao desenvolvimento moral e/ou intelectual.

Obsedado [do francês obséder + -do]- Aquele que está sofrendo obsessão. Ver: Obsessão, Obsidiado.

Obsedar [do francês obséder] – Ato ou efeito de produzir obsessão. Ver: Obsessão, Obsidiar.

Observância [do latim observantia] – 1. Ato ou efeito de observar. 2. Execução fiel; cumprimento conforme estabelecido; prática; uso.

Obsessão [do latim obsessione] – 1. Idéia fixa e perturbadora. 2. Domínio que alguns Espíritos logram adquirir sobre certas pessoas. Nunca é praticada senão pelos Espíritos inferiores, que procuram dominar. Os bons Espíritos nenhum constrangimento infligem. Aconselham, combatem a influência dos maus e, se não os ouvem, retiram-se. Os maus, ao contrário, se agarram àqueles de quem podem fazer suas presas. Se chegam a dominar, identificam-se com o Espírito deste e o conduzem como se fora verdadeira criança. 3. É classificada em obsessão simples, fascinação e subjugação.

Obsesso [do latim obsessu] – Importunado, atormentado, perseguido. Sinônimo de Obsidiado. Ver também: Obsessão.

Obsessor [do latim obsessore] – Espírito inferior, agente eventual ou cármico da obsessão, encarnado ou desencarnado que, em ação irrefletida ou premeditada, domina, persegue, assedia ou importuna, em virtude da sintonia moral estabelecida. Sinônimo de Obsidiante. Ver também: Obsessão.

Obsidiado [do latim obsidiare + -do] – Paciente da obsessão, aquele que sofre a influência perniciosa de um Espírito encarnado ou desencarnado. Sinônimo de Obsesso. Ver também: Obsessão.

Obsidiante [do latim obsidiare + -ante] – Aquele que atormenta, persegue, importuna. Sinônimo de Obsessor. Ver: Obsessão.

Obsidiar [do latim obsidiare] – Ato ou efeito de importunar, incomodar, perturbar, molestar. Sinônimo de Obsedar. Ver: Obsessão.

Obstinação [do latim obstinatione] – 1. Firmeza; pertinácia; perseverança; persistência; tenacidade. 2. Teimosia; birra.

Ociosidade [do latim otiositate] – 1. Estado de ocioso, de quem gasta tempo inutilmente. 2. Descanso; lazer; ócio. 3. Preguiça; moleza; indolência.

Ocioso [do latim otiosu] – 1. Pessoa que não tem o que fazer, não trabalha, não tem ocupação, nada faz. 2. Desocupado, inativo, improdutivo, estéril. 3. Desnecessário, inútil, supérfluo.

Ódio [do latim odiu] – 1. Rancor profundo e duradouro que se sente por alguém. 2. Aversão; raiva; antipatia; horror.

Olorização [do latim olore + -iza(r) + -ção] – 1. Tornar cheiroso, perfumado, aromático. 2. Fenômeno paranormal de produção de aromas, de perfumes.

Olvidar [do latim vulgar oblitare] – 1. Perder a memória, não se lembrar. 2. Esquecer.

Onipotente [do latim omnipotente] – 1. Que tudo pode; Todo-poderoso; Deus. 2. Detentor de poder absoluto. 3. Que encerra toda a potência.

Onírico [do grego óneiros > onir (o) + -ico] – Relativo a, ou próprio de sonhos.

Ontologia – Parte da filosofia que trata do ser enquanto ser, do ser concebido como tendo uma natureza comum que é inerente a todos e a cada um dos seres.

Opinião [do latim opinione] – 1. Modo de ver, de pensar, de deliberar. 2. Parecer, conceito. 3. Assertiva a que se atribui o caráter de verdade ou de falsidade, mas sem a certeza disso.

Opressão [do latim oppressione] – 1. Dificuldade de respirar; sufocação. 2. Estado de quem ou daquilo que se acha oprimido. 3. Tirania. 4. Prostração. 5. Humilhação, vexame.

Opressor [do latim oppressore] – 1. Que oprime ou serve para oprimir; opressivo. 2. Tirano; déspota.

Oprimir [do latim opprimere] – 1. Causar opressão. 2. Carregar; sobrecarregar. 3. Apertar, comprimir. 4. Prostrar, afligir. 5. Tiranizar. 6. Humilhar, vexar.

Oráculo [do latim oraculu] – Segundo as crenças pagãs, respostas dos deuses, através da boca das pitonisas, às questões que lhes eram dirigidas. Por extensão, também pode designar a pessoa que pronunciava a resposta, assim como os diversos meios empregados para conhecer o futuro. A crença nos oráculos teve sua origem nas comunicações dos espíritos que o charlatanismo, a cupidez e o amor do domínio cercaram de prestígio, e que hoje vemos em toda a sua simplicidade.

Orbe [do latim orbe] – 1. Qualquer corpo celeste. 2. Esfera, globo, círculo, redondeza. 4. Área, campo, domínio, setor. 5.. Mundo. 6. Terra, país, nação.

Ordem [do latim ordine] – 1. Posição, classe, categoria a que pertencem pessoas ou coisas num conjunto racionalmente hierarquizado. 2. Disciplina, subordinação. 3. Determinação de autoridade, mandado, prescrição. 4. Disposição regular e metódica. 5. Tranqüilidade pública, quando existe conformidade com as leis.

Orgânico [do grego organikós, pelo latim organicu] – Relativo a órgão, a organização ou a seres organizados.

Órgão [do grego órganon] – 1. Parte do corpo com certa autonomia e uma ou mais funções específicas. 2. Meio; agente intermediário. 3. Cada uma das partes de qualquer aparelho.

Orgia [do grego órgia, pelo latim orgia] – 1. Festividade licenciosa; bacanal. 2. Desordem, confusão, anarquia. 3. Desperdício.

Orgulho [do espanhol orgullo] – 1. Conceito elevado ou exagerado de si próprio; amor-próprio demasiado 2. Brio, altivez. 3. Presunção, soberba.

Origem [do latim origine] – 1. Primeira causa, princípio determinante. 2. Procedência, origem, nascimento, formação.

Original [do latim originale] – 1. Relativo a origem. 2. Primitivo, originário, nativo, inicial. 3. Que tem caráter próprio; singular. 4. Novo, inédito. 5. Escrito do qual se tiram cópias. 6. Pessoa ou coisa reproduzida ou descrita por meio artístico.

Ortodoxo [do latim orthodoxu]- 1. O que está conforme a doutrina religiosa tida como verdadeira. 2. Conforme com os princípios tradicionais de qualquer doutrina.

Ósculo [do latim osculu] – Beijo; beijo de paz e amizade.

Ostensivo [do latim ostensu + -ivo] – 1. Que se pode ostentar, mostrar. 2. Que está evidente, patente, às claras.

Outorgar [do latim auctoricare] – 1. Consentir, aprovar. 2. Anuir; concordar. 3. Conceder, facultar, permitir. 4. Atribuir, aplicar, reputar, referir. 5. Declarar ou intervir como interessado em escritura pública.

Ovóide [do latim ovu + -óide] – 1. Oval, que tem a forma de ovo. 2. Conforme o Espírito André Luiz, é a morfologia do perispírito transformado, com órgãos perispirituais retraídos por falta de função, de criaturas em fixação monoideísta, fora das noções de espaço e de tempo, as quais se vinculam como parasitas às vítimas de sua obsessão.

Ovoidização [do latim ovu + -óid (e) + iz + -ação]- Ato ou efeito de tomar a forma ovóide. Ver: Ovóide.

escola-decor