Dicionário de Espiritismo-T

Letra T

Dicionário de Espiritismo-T

Dicionário de Espiritismo Letra T

Dicionário Espírita

Dicionário Espírita, vocabulário espírita, kardecista

Dicionário Espírita

Talismã [do grego talesma] – Objeto a que se atribui poderes mágicos; amuleto, fetiche.

Tangibilidade [do latim tangibile + -idade] – Qualidade do que é tangível, que pode ser tocado, apalpado ou sentido.

Taumaturgo [do grego thauma, thaumatos + ergon] – Diz-se daqueles que, com ou sem razão, se vangloriam de ter o poder de produzir fenômenos fora das leis da natureza.

Tautologia [do grego tautología] – 1. Vício de linguagem que consiste em dizer a mesma coisa de várias maneiras. 2. Repetir idéias com formulações diferentes.

Teísmo [do grego teós + -ismo] – Doutrina que admite a existência de um deus, força causal do mundo.

Telegrafia humana – Comunicação a distância entre duas pessoas vivas, que se evocam reciprocamente. Ver: Telepatia.

Telepatia [do grego telê + pathós] – Transferência de idéias, imagens ou sensações de pessoa para pessoa, sem o emprego dos sentidos conhecidos. Kardec usou a expressão telegrafia humana, significando a comunicação à distância entre duas pessoas vivas, que se evocam reciprocamente. Esta evocação provoca a emancipação da alma, que vem se manifestar e pode comunicar seu pensamento pela escrita ou por qualquer outro meio.

Teologia [do grego theologia] – 1. O estudo racional dos textos sagrados, dos dogmas e das tradições do Cristianismo. 2. Estudo das questões referentes ao conhecimento da Divindade, de seus atributos e relações com o mundo e com os homens, e também com a verdade religiosa.

Teoria [do grego theoría] – 1. Conhecimento especulativo e meramente racional. 2. Conjunto de princípios em que se funda uma ciência ou uma arte. 3. Hipótese, suposição.

Terminologia [do latim terminu > termo + log(o) + -ia] – 1. Conjunto de termos próprios de uma arte ou ciência; nomenclatura. 2. Emprego de palavras peculiares a uma pessoa, a uma região, a uma religião, etc..

Terra [do latim terra] – 1. O terceiro planeta do sistema solar, pela ordem de afastamento do Sol. 2. Solo em que se anda; superfície sólida do globo. 3. Localidade, lugar. 4. Crosta planetária.

Terreiro [do latim terrariu] – 1. Relativo a térreo, terrestre. 2. Local de culto do sincretismo afro-brasileiro, onde é exteriorizado seus rituais, e que não pode ser confundido com centro espírita.

Tese [do grego thésis, pelo latim these] – 1. Proposição exposta para, se contestada, ser defendida; afirmação que não vale por si e precisa de defesa. 2. Estudo para ser discutido e defendido em público, especialmente nos estabelecimentos de ensino superior e médio.

Testamento [do latim testamentu] – 1. Ato jurídico pelo qual alguém dispõe de seu patrimônio, total ou parcialmente, para depois de sua morte. 2. Aliança ou contrato feito com Deus por Moisés – Velho Testamento, ou por Jesus – Novo Testamento. 3. Legado, concessão.

Tiptologia [do grego tuptó + logos + -ia] – Linguagem por pancadas; modo de comunicação dos Espíritos. Tiptologia alfabética. Ver: Sematologia.

Tiptólogo [do grego tuptó] – Variedade dos médiuns aptos à tiptologia. Médium tiptólogo.

Tolerância [do latim tolerantia] – 1. Termo de origem jurídica, aplicado primeiramente à coexistência dos católicos e protestantes. 2. Palavra que significa a aceitação de qualquer modo de pensar e de agir diferente do nosso.

Tóxico [do grego toxikón, pelo latim toxicu] – Substância que causa dependência e que pode envenenar o organismo humano; droga.

Transcendência [do latim transcendentia] – 1. Qualidade ou estado de transcendente. 2. Conjunto de atributos que ressaltam a superioridade do Criador em relação à criatura.

Transcendental [do latim transcendente + -al] – 1. Que é transcendente, elevado, superior, excelso, sublime. 2. Tudo o que ultrapassa a capacidade normal de conhecimento. 3. Metafísico, o que vai além dos limites da experiência material.

Transcendente [do latim transcendente] – 1. Que transcende, ultrapassa, excede, vai além. 2. Elevado, superior, sublime, excelso. 3. Que ultrapassa os limites da experiência possível e da capacidade de conhecer. Ver: Metafísico.

Transcomunicação [do latim trans + comunicatione] – Comunicação com desencarnados, realizada através de aparelhos como mesas girantes, e de instrumentais eletrônicos como gravador, rádio, televisão, computador.

Transe [do francês transe] – Estado de inconsciência ou semiconsciência em que se verificam diversos fenômenos psíquicos ou mediúnicos.

Transfiguração [do latim transfiguratione] – 1. Transformação, metamorfose, mudança radical na aparência, no caráter e na forma. 2. Fenômeno em que o médium sofre mudança de fisionomia e de expressão por envolvimento fluídico do Espírito manifestante.

Transmigração [do latim trans + migratione] – Ato ou efeito de transmigrar(-se), a passagem do Espírito de um corpo para outro. Ver: Metempsicose, Reencarnação.

Transmutação [do latim transmutatione] – 1. Para a Biologia, é a formação de novas espécies através de mutações. 2. Mudança de um elemento químico em outro, como acontece quando o Espírito é levado a reencarnar em planeta diferente, e seu perispírito é trocado, transmudando-se, para se adequar ao quimismo do novo ambiente.

Transporte [do latim trans + portare] – 1. Ato ou efeito de transportar, deslocar, conduzir. 2. Faculdade de efeito físico pela qual os Espíritos podem transportar objetos de um lugar para outro.

Trauma [do grego traûma] – Na terminologia psicanalítica, significa lesão provocada na psiquê em resultado de experiência que pode ter sido agradável ou desagradável em si mesma.

Trevas [do latim tenebra] – 1. Escuridão absoluta. 2. Conforme informa o Espírito André Luiz, as regiões mais inferiores conhecidas no Mundo Espiritual.

Tribuna [do latim tribuna] – 1. Local para os oradores falarem. 2. Púlpito.

Talismã [do grego talesma] – Objeto a que se atribui poderes mágicos; amuleto, fetiche.

Tangibilidade [do latim tangibile + -idade] – Qualidade do que é tangível, que pode ser tocado, apalpado ou sentido.

Taumaturgo [do grego thauma, thaumatos + ergon] – Diz-se daqueles que, com ou sem razão, se vangloriam de ter o poder de produzir fenômenos fora das leis da natureza.

Tautologia [do grego tautología] – 1. Vício de linguagem que consiste em dizer a mesma coisa de várias maneiras. 2. Repetir idéias com formulações diferentes.

Teísmo [do grego teós + -ismo] – Doutrina que admite a existência de um deus, força causal do mundo.

Telegrafia humana – Comunicação a distância entre duas pessoas vivas, que se evocam reciprocamente. Ver: Telepatia.

Telepatia [do grego telê + pathós] – Transferência de idéias, imagens ou sensações de pessoa para pessoa, sem o emprego dos sentidos conhecidos. Kardec usou a expressão telegrafia humana, significando a comunicação à distância entre duas pessoas vivas, que se evocam reciprocamente. Esta evocação provoca a emancipação da alma, que vem se manifestar e pode comunicar seu pensamento pela escrita ou por qualquer outro meio.

Teologia [do grego theologia] – 1. O estudo racional dos textos sagrados, dos dogmas e das tradições do Cristianismo. 2. Estudo das questões referentes ao conhecimento da Divindade, de seus atributos e relações com o mundo e com os homens, e também com a verdade religiosa.

Teoria [do grego theoría] – 1. Conhecimento especulativo e meramente racional. 2. Conjunto de princípios em que se funda uma ciência ou uma arte. 3. Hipótese, suposição.

Terminologia [do latim terminu > termo + log(o) + -ia] – 1. Conjunto de termos próprios de uma arte ou ciência; nomenclatura. 2. Emprego de palavras peculiares a uma pessoa, a uma região, a uma religião, etc..

Terra [do latim terra] – 1. O terceiro planeta do sistema solar, pela ordem de afastamento do Sol. 2. Solo em que se anda; superfície sólida do globo. 3. Localidade, lugar. 4. Crosta planetária.

Terreiro [do latim terrariu] – 1. Relativo a térreo, terrestre. 2. Local de culto do sincretismo afro-brasileiro, onde é exteriorizado seus rituais, e que não pode ser confundido com centro espírita.

Tese [do grego thésis, pelo latim these] – 1. Proposição exposta para, se contestada, ser defendida; afirmação que não vale por si e precisa de defesa. 2. Estudo para ser discutido e defendido em público, especialmente nos estabelecimentos de ensino superior e médio.

Testamento [do latim testamentu] – 1. Ato jurídico pelo qual alguém dispõe de seu patrimônio, total ou parcialmente, para depois de sua morte. 2. Aliança ou contrato feito com Deus por Moisés – Velho Testamento, ou por Jesus – Novo Testamento. 3. Legado, concessão.

Tiptologia [do grego tuptó + logos + -ia] – Linguagem por pancadas; modo de comunicação dos Espíritos. Tiptologia alfabética. Ver: Sematologia.

Tiptólogo [do grego tuptó] – Variedade dos médiuns aptos à tiptologia. Médium tiptólogo.

Tolerância [do latim tolerantia] – 1. Termo de origem jurídica, aplicado primeiramente à coexistência dos católicos e protestantes. 2. Palavra que significa a aceitação de qualquer modo de pensar e de agir diferente do nosso.

Tóxico [do grego toxikón, pelo latim toxicu] – Substância que causa dependência e que pode envenenar o organismo humano; droga.

Transcendência [do latim transcendentia] – 1. Qualidade ou estado de transcendente. 2. Conjunto de atributos que ressaltam a superioridade do Criador em relação à criatura.

Transcendental [do latim transcendente + -al] – 1. Que é transcendente, elevado, superior, excelso, sublime. 2. Tudo o que ultrapassa a capacidade normal de conhecimento. 3. Metafísico, o que vai além dos limites da experiência material.

Transcendente [do latim transcendente] – 1. Que transcende, ultrapassa, excede, vai além. 2. Elevado, superior, sublime, excelso. 3. Que ultrapassa os limites da experiência possível e da capacidade de conhecer. Ver: Metafísico.

Transcomunicação [do latim trans + comunicatione] – Comunicação com desencarnados, realizada através de aparelhos como mesas girantes, e de instrumentais eletrônicos como gravador, rádio, televisão, computador.

Transe [do francês transe] – Estado de inconsciência ou semiconsciência em que se verificam diversos fenômenos psíquicos ou mediúnicos.

Transfiguração [do latim transfiguratione] – 1. Transformação, metamorfose, mudança radical na aparência, no caráter e na forma. 2. Fenômeno em que o médium sofre mudança de fisionomia e de expressão por envolvimento fluídico do Espírito manifestante.

Transmigração [do latim trans + migratione] – Ato ou efeito de transmigrar(-se), a passagem do Espírito de um corpo para outro. Ver: Metempsicose, Reencarnação.

Transmutação [do latim transmutatione] – 1. Para a Biologia, é a formação de novas espécies através de mutações. 2. Mudança de um elemento químico em outro, como acontece quando o Espírito é levado a reencarnar em planeta diferente, e seu perispírito é trocado, transmudando-se, para se adequar ao quimismo do novo ambiente.

Transporte [do latim trans + portare] – 1. Ato ou efeito de transportar, deslocar, conduzir. 2. Faculdade de efeito físico pela qual os Espíritos podem transportar objetos de um lugar para outro.

Trauma [do grego traûma] – Na terminologia psicanalítica, significa lesão provocada na psiquê em resultado de experiência que pode ter sido agradável ou desagradável em si mesma.

Trevas [do latim tenebra] – 1. Escuridão absoluta. 2. Conforme informa o Espírito André Luiz, as regiões mais inferiores conhecidas no Mundo Espiritual.

Tribuna [do latim tribuna] – 1. Local para os oradores falarem. 2. Púlpito.

escola-decor