Dicionário de Espiritismo-V

Letra V

Dicionário de Espiritismo-V

Dicionário de Espiritismo Letra V

Dicionário Espírita

Dicionário Espírita, vocabulário espírita, kardecista

Dicionário Espírita

 

Vade-mécum [do latim vade mecum] – 1. Designação de livros práticos e de formatos cômodos. 2. Livro indicativo de outros livros por assuntos tratados.

Vampirismo [do húngaro vampir e do francês vampire + -ismo] – Absorção dos fluidos vitais de encarnados e desencarnados por parte de Espíritos obsessores. Ver: Parasitose.

Vampirização [do húngaro vampir e do francês vampire + -iza(r) + -ção] – Ato ou efeito de vampirizar, ou seja, de absorver fluidos vitais de outros Espíritos encarnados ou desencarnados.

Verdade [do latim veritate] – 1. Coisa verdadeira ou certa. 2. O que está ou parece estar em conformidade com o real, dentro do processo de conhecimento, que é sempre subjetivo.

Vernáculo – Linguagem genuína, correta, pura, isenta de estrangeirismos, diz-se de quem atenta para a correção e a pureza no falar e no escrever.

Vibração [do latim vibratione] – 1. Ato ou efeito de vibrar, agitar, trepidar, pulsar, oscilar, soar, ecoar. 2. Para a ciência espírita, é o movimento de oscilação das emanações fluídicas, na freqüência específica de cada ser.

Vício [do latim vitium] – 1. Defeito que impede pessoas ou coisas de funcionarem bem ou de atingirem certos fins. 2. Mau procedimento, hábito ruim em oposição a virtude.

Vidência [do latim vidente + -ia] – 1. Qualidade ou faculdade de vidente. 2. Pessoa que tem o uso da vista, em oposição a cego. 3. Para a Doutrina Espírita, é a faculdade que possuem alguns médiuns de ver com os olhos da alma. A visão geral e permanente dos Espíritos é excepcional e não está nas condições normais do homem.

Vidente [do latim vidente] – 1. Pessoa que vê, em oposição a cego. 2. Para a Doutrina Espírita, é o médium que possui a a faculdade da vidência.

Vigília [do latim vigilia] – 1. Falta de sono, insônia. 2. Cuidado, dedicação. 3. Estado de acordado.

Virtude [do latim virtus] – Qualidade do sentimento e do comportamento de acordo com uma moral. A virtude pratica-se mais do que se define.

Volição [do latim escolástico volitione] – 1. Literalmente: querer, desejar, ter a intenção. 2. Designa um impulso consciente que conduz a pessoa a pensar e realizar uma ação, com vista a determinado fim.

Volitação [do latim volitare + -ção] – 1. Esvoaçar; voejar; flutuar. 2. Capacidade de se deslocar, sob impulso de sua própria vontade, que o Espírito desencarnado ou desdobrado, com certo nível de adiantamento, possui.

Vontade [do latim voluntate] – 1. Faculdade de mentalmente desejar um ato que pode ou não ser executado. 2. Capacidade que leva a pessoa a atingir o fim a que mentalmente se propôs.

escola-decor