Espiritualidade

Espiritualidade: o que é?

Espiritualidade e Jesus

Espiritualidade e Jesus

O que é a Espiritualidade? E Religião? Saiba aqui as respostas!

A espiritualidade é o conjunto de conhecimentos e de práticas que nos ajudam a ter consciência das coisas da criação assim como a cumprir o nosso destino.

Espiritualidade é Felicidade. Deus é Felicidade.

Desenvolver a espiritualidade é trabalhar para a nossa felicidade, paz interior, harmonia. E de preferência, trazer essa hamronia para a vivência familiar, levar essa felicidade para o emprego e relacionamentos sociais.

espiritualidade-familia-felicidade-1, casal feliz

Este é um mundo de provações. O paraíso não é aqui embora também seja possível passar por alguns bons momentos.

Este mundo é uma escola sagrada de estudo, trabalho e provações.

Viemos a este mundo para evoluir através do estudo, do trabalho e do esforço em melhorar.

E ainda assim, é possível ser feliz mesmo no meio das maiores provações e esforços.

Desenvolver a espiritualidade é o principal nesta vida. Todos os grandes mestres o ensinaram. Por exemplo Jesus disse:

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Mateus 6, 33

Jesus-Mateus-6-33, Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça

Jesus Mateus 6, 33

Em linguagem actual o que Jesus disse foi: Desenvolvam a vossa espiritualidade e procurai vos aproximar de Deus (religião) e todas as outras coisas (o que comer, o que vestir, amor, prosperidade…) vos serão dadas.

É portanto importante compreender o que é a espiritualidade e quais são os verdadeiros caminhos de Deus.

É tempo de abraçar a verdadeira espiritualidade. Só a verdadeira espiritualidade trás a verdadeira paz e felicidade de forma estável e duradoura.

Durante muito tempo, talvez demasiado tempo, a Humanidade se desviou da verdadeira espiritualidade. Por ignorância e medo, entre outras razões, nos enganamos uns aos outros. Ensinou-se as massas populares a “religião” das aparências para distrair a mente do rumo certo. Mas não a verdadeira espiritualidade.

Noutros casos procurou-se dar ao povo a “religião” do sentir, procurando de alguma forma gerar reações emocionais para enevoar o verdadeiro caminho espiritual, para que o povo não encontrasse verdadeira a porta.

“Ai de vocês, doutores na lei, porque se apoderaram da chave do conhecimento. Vocês mesmos não entraram e impediram os que estavam prestes a entrar! “
Lucas 11:52

religião-cumprir, intermediários religião

Quando a inteligência do povo dava provas de rebelião, procura-se dar ao povo a “religião do cumprir” algumas regras para não ter problemas com o Divino. Engana-se assim ego humano mas não a alma.

Mas nada disso é a verdadeira espiritualidade.

A verdadeira espiritualidade não precisa de intermediários entre o Criador e os seus filhos. Precisa sim de bons mestres como em tudo na vida. Mas não de “vendilhões do templo” ou “agências de pedidos” de cunhas para o céu.

A verdadeira espiritualidade é simples, pura, honesta, despida de preconceitos, ilusões e falsas promessas. As suas fundações assentam na tomada de consciência de como as coisas realmente são.

A verdadeira espiritualidade não está relacionada com argumentação, retórica, demagogia, com discussões estéreis, com aceitação de dogmas ou mistérios.

A verdadeira espiritualidade leva a experimentar as verdades como elas são. A verdadeira espiritualidade é ter a consciência dos factos.

espiritualidade-é-paz-e-serenidade, desenvolver a espiritualidade leva à paz e à serenidade

Espiritualidade é Paz e Serenidade

Como isso é alcançado?
Através da aprendizagem correcta e da prática correcta.

Num primeiro momento a pessoa aprende sobre as coisas da vida e da existência humana. Aprendemos que somos almas imortais, que existe vida para lá da morte do corpo, que existe Deus, que existem planos elevados e que quanto mais elevados mais paz e felicidade desfrutamos ao atingi-los, que a maioria de nós já viveu outras vidas. Aprende-se sobre a lei do karma, a lei do progresso, etc.

Num segundo momento o aluno deve aprender exercícios adequados, simples e eficazes para desenvolver a consciência que as coisas são realmente assim.

Um exemplo muito simples. Algumas pessoas se interessam pelo assunto das vidas passadas. Então, o caminho da verdadeira espiritualidade é este: num primeiro momento aprende-se que já vivemos outras vidas. A maioria dos seres humanos já viveu outras encarnações. Aprende porque tal é necessário. Depois, num segundo momento, a pessoa aprende exercícios espirituais que a levam a lembrar-se de outras vidas e a não ter mais dúvidas sobre isso.

Outro exemplo. Ensinamos que existe Deus e estudamos um pouco sobre Deus. Depois, existem exercícios para ajudar o aluno a sentir e a ver Deus.

Esta é a verdadeira espiritualidade: levar as pessoas a desenvolver experiência directa e pessoal das verdades, a ter CONSCIÊNCIAS DAS VERDADES.

Esta é a verdadeira espiritualidade. Não há outra. Todas as outras correntes são movimentos de estudo e reflexão, cada um com a sua utilidade e interesse, desde que bem intencionados.

Mas a verdadeira espiritualidade é aquela.

Desejamos a todos as maiores felicidades e progresso no seu desenvolvimento espiritual.

Se precisar de uma escola de espiritualidade, com pessoas honestas, transparentes e competentes, agora que nos encontrou, sabe como bater à porta do Céu.

Bata à porta que a porta certamente se abrirá.

“Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.” Mateus 7:7

jesus-mateus-7-7, Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Mateus 7:7

Antes de terminar, saiba que Deus nos criou para sermos felizes, muito felizes. Seja qual for a sua vida, seja qual for a sua cruz, lembre-se que debaixo do Sol tudo passa, o bom e o mau.

A nossa meta é estudar, trabalhar e nos esforçarmos para aprender e cumprir as leis de Deus. Só assim podemos um dia ser felizes e deixar de sofrer. Enquanto não desenvolver a sua espiritualidade o sofrimento fará sempre parte do seu caminho.

Desenvolver a espiritualidade e alcançar Deus são as metas principais das nossas vidas.

felicidade-extrema, desenvolver a espiritualidade e felicidade extrema

Desenvolver a espiritualidade leva à felicidade extrema

A cada vida nos comprometemos com uma missão, um conjunto de metas a alcançar. Todos esses compromissos que fazemos com Deus são degraus para alcançar a meta maior: alcançar Deus e passar a viver em comunhão com Ele, em paz e felicidade, como já vivem os Anjos e as pessoas que alcançaram esse estado.

Paz, Luz e Fé.

José Matos e Elisabete Coutinho

Deus-Espiritulidade